Fraudes com cartões de crédito

Guia Prático e algumas Normas de Segurança:

Solicite ao cliente  todas as  informações cadastrais (nome completo, rg, cpf, endereço, e-mail, telefone fixo de contato e etc.)

Mantenha em arquivo o formulário original da assinatura em arquivo, cópias (frente e verso) do cartão assinado, RG e CPF.

Verifique se o  verso do cartão esta assinado,  cópias de cartões  sem   assinatura  não tem validade , para efeito de comprovação da venda junto a administradora.

Verifique sempre se a assinatura no comprovante de venda ou autorização de débito é semelhante á do verso do cartão e RG.

Ligue para o titular do cartão para confirmar a venda , pois os documentos enviados por fax podem ser adulterados.

Não feche venda com cartão pelo telefone.

Redobre a atenção nas rotas iniciadas no norte e nordeste , e vendas com  embarque imediato , pois  estas situações  são  preferidas pelos fraudadores.

Como o golpe é aplicado pessoalmente ou via telefone pelo fraudador:

Geralmente testa sua agência antes de iniciar uma seqüência de compras com o cartão clonado;

Normalmente ele observa se o agente pede documentos de identidade, cartão e confere fotos e assinaturas;

Se o mesmo sentir que pode investir na agência com o golpe, geralmente aparece ao final do expediente ou em horário de almoço, sempre mostrando pressa, geralmente comprando passagens para terceiros e normalmente com o cartão no bolso (separados do resto da documentação), pois fica fácil seu descarte em caso de desconfiança;

Observar o material em que é feito o cartão de crédito é fundamental, existem cartões clonados de péssimo acabamento;

Muitos golpes são aplicados via telefone por pessoas que enviam a documentação por fax ou entregam fotocópias da mesma, alegando que são indicadas por outro cliente. Aceitar  vendas desta forma sem ter visto a documentação original é se expor ainda mais ao risco de levar um golpe.

O código de autorização fornecido pela administradora não garante a venda, as vendas somente são garantidas quando o titular do cartão esta presente e assina o comprovante de venda.

Nas vendas com assinatura em arquivo, é necessário manter em arquivo:
a) Originais do formulário da assinatura em arquivo.
b) Frente e verso legíveis do cartão e documento de identidade.
Lembramos que a responsabilidade do pagamento do cartão é de quem teve
o contato direto com o cliente, isto é , da agência solicitante.